Nova Andradina - MS Busca
NOVA ANDRADINA

RETROSPECTIVA 2021 – 1ª DELEGACIA DE POLÍCIA DE NOVA ANDRADINA

10:41 - 16 dez 2021 | Por 1° DP N.A
  1. A 1ª Delegacia de Polícia Civil (1ª DP) de Nova Andradina atendeu, de janeiro até o dia 13 de dezembro de 2021, o total de 2.377 ocorrências, sendo 1936 de fatos típicos e 417 de fatos atípicos.

No período, foram instaurados 525 inquéritos policiais e foram concluídos e relatados 509.

Em relação às infrações penais de menor potencial ofensivo, que são aquelas cujas penas máximas não passam de 2 (dois anos), foram instaurados 673 novos Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) e foram concluídos 753 TCOs.

Em relação às condutas praticadas por menores de 18 anos de idade foram instaurados 91 Autos de Investigação de Ato Infracional, tendo sido concluídos 92 procedimentos.

Ou seja, durante o ano de 2021, até o momento, a 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina concluiu e encaminhou ao Poder Judiciário 1.354 procedimentos de investigações policiais.

Já as cartas precatórias, que são documentos encaminhados pelas delegacias do Brasil inteiro para oitiva de pessoas e diligências em Nova Andradina, foram recebidas 132 e cumpridas 136.

O número de procedimentos concluídos é maior do que o de instaurados devido às sobras do ano anterior, referentes a casos que continuaram em andamento. É o caso dos inquéritos, TCOs, atos infracionais e cartas precatórias.

A 1ª DP/NA encerra o ano de 2021 com 416 inquéritos policiais em andamento, bem como com 116 TCOs, 4 Autos de Apuração de Ato Infracional e 26 cartas precatórias. São situações que devido aos prazos legais e ao próprio andamento das apurações terão seu desfecho em 2022.

 

Estamos tendo uma excelente produtividade, mas há casos que demandam mais tempo. Isso é normal e comprova que a Polícia Civil faz seu trabalho com qualidade.

 

Ainda no decorrer de 2021, foram apreendidas e encaminhadas à 1ª DP de Nova Andradina: 50 armas de fogo, das quais 12 foram apreendidas pela própria Polícia Civil e 38 por todas as demais forças policiais.

Foram cumpridos 116 mandados de prisão, sendo 19 pela Polícia Civil e 97 pelas demais policiais.

Os autos de prisão em flagrante foram 229, sendo 44 realizados diretamente pela Polícia Civil. As conduções coercitivas somaram 09.

Foram apreendidos 169 veículos, sendo 9 pela Polícia Civil e 160 pelas demais forças. Foram recuperados 36 veículos com ocorrências de furto, roubo e outros delitos.

No que se refere às drogas, desde janeiro até o dia 13/12/2021 foram apreendidas mais de 21 toneladas de maconha (sendo mais de 3 toneladas apreendidas pela Polícia Civil e pouco mais de 18 toneladas apreendidas pelas outras forças policiais); aproximadamente 160 quilos de pasta base de cocaína; quase 95 kg de Skank, sendo aproximadamente 1kg pela Polícia Civil e o restante pelas demais forças); aproximadamente 21 kg de cocaína (sendo quase 6 kg pela Polícia Civil e 15kg pelas demais forças); aproximadamente 20 kg de crack (sendo meio quilo pela Polícia Civil e 19,5kg pelas demais forças); 3,5kg de haxixe.

Todas as drogas tiradas de circulação foram incineradas pela Polícia Civil mediante autorização do Poder Judiciário da Comarca.

 

Aproveito a oportunidade para agradecer o empenho de toda a equipe da Polícia Civil de Nova Andradina, de cada policial que não mediu esforços para que os trabalhos fossem realizados com excelência mesmo em meio à pandemia de Covid-19.

Destaco ainda o empenho e a contribuição do Delegado Regional Adjunto, Dr. Valter Guelssi, que presta serviço na 1ª DP; dos Delegados Dr. Filipe Davanso Mendonça e Dra. Daniella de Oliveira Nunes Leite, que concorrem ao plantão noturno e aos finais de semana; ao Delegado responsável pela Seção de Investigações Gerais (SIG), Dr. Guilherme Scucuglia Cézar; e do delegado regional de Polícia Civil, André Luiz Novelli Lopes.

A Polícia Civil, através da SIG, por exemplo, sob o comando do Dr. Guilherme, desenvolveu diversas operações, tendo sido intensificado o combate ao tráfico de droga e organizações criminosas, podendo ser apontados com destaque:

1) a apreensão, nos dias 1/6 e 2/6, na área rural, de mais de três mil quilos de maconha;

2) as diligências investigativas realizadas em apoio à DP de Batayporã que culminou no esclarecimento de feminicídio e na prisão de um advogado;

3) após diversas diligências realizadas para esclarecer um latrocínio de um idoso de 85 anos que teria ocorrido no ano de 2017, e mesmo após o inquérito policial já ter sido arquivado no fórum, a SIG identificou que o suspeito havia sido preso em flagrante em Araçatuba-SP, sendo que em diligências naquela cidade a SIG conseguiu consolidar a elucidação do crime, tendo inclusive o autor confessado ter desferido as facadas na vítima, o que gerou o desarquivamento do inquérito e o novo encaminhamento das novas provas ao Ministério Público;

4) Prisão em flagrante, em poucas horas, dos autores de um roubo praticado em um supermercado na cidade, ocorrido em 12/11/2021.

 

Ainda, frisa-se, conforme dados da SEJUSP do 1º semestre de 2021, que Nova Andradina foi considerada a cidade mais segura do estado, ao lado de Aquidauana.

 

Aproveito ainda a oportunidade para agradecer o apoio de todas as demais forças policiais que atuam na região. O serviço das forças de segurança, em sua maioria, tem como destinatário final a Delegacia de Polícia e é importante esta parceria entre os órgãos policiais para que o trabalho ocorra de forma sincronizada e harmoniosa.

Destaco também o ótimo relacionamento da Polícia Civil com o Poder Judiciário e o Ministério Público Estadual, bem como do fundamental papel desempenhado pelo Conselho Comunitário de Segurança Pública de Nova Andradina, que em muito contribuem com a atividade diária da Polícia Civil.

Parabenizo e agradeço ainda a imprensa de Nova Andradina pelo trabalho que excelente trabalho que realiza.

Por fim, e de suma importância, destaco a participação da população de Nova Andradina que tem um papel muito relevante e fundamental no trabalho da Polícia Civil, realizando denúncias e repassando informações.

Seguimos à disposição pelo nosso telefone (67) 3441-1316 e pelo Instragram @signovaandradina.