Nova Andradina - MS Busca
NAVIRAÍ

Naviraí reduz média de infecção com Covid-19, mas Alta taxa de letalidade preocupa

O município teve mais uma morte, de um homem de 70 anos, que estava internado em um hospital em Dourados.

09:16 - 10 abr 2021 | Por Portal do MS

Ainda não é a redução que se aguarda, porém a soma diária de contaminação pela Covid-19 sofreu uma pequena queda se comparar aos números de todo o mês de Março, com média de 70 casos novos. Boletim da Saúde Municipal desta sexta-feira (09) trouxe 46 infectados nas últimas 24 horas e outros 50 que aguardam resultado.

O município teve mais uma morte, de um homem de 70 anos, que estava internado em um hospital em Dourados. Com esse óbito agora são 145 naviraienses que perderam a batalha para o Coronavírus.

As 72 vítimas fatais da doença nos últimos 38 dias no município deixa claro a gravidade do vírus. No estado a média móvel é de 56,1 óbitos em uma semana, 52 nas últimas 24 horas e total de 4.769 vidas perdidas. Mato Grosso do Sul poderá alcançar a triste marca de 5.000 óbitos nos próximos dias. “Número realmente estarrecedor”, desabafou o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, durante a live do Boletim Oficial do Coronavírus desta sexta-feira (9).

Apenas nos primeiros dias do mês de Abril 350 pessoas perderam a vida em decorrência da Covid -19 em todo o Estado. De acordo com Resende, não bastasse todo esforço das secretarias, equipes técnicas e especialistas renomados, a população segue desobedecendo as orientações sanitárias e os decretos do Estado e municípios. A responsabilidade do atual cenário, segundo ele, é de todas as pessoas que continuam fazendo festas, se aglomerando e minimizando a gravidade da Pandemia.

A taxa de contaminação também continua crescendo: já estamos com 1,11%. “Isto significa que a cada 100 pessoas contaminadas, outras 111 estarão contaminadas no dia seguinte numa projeção geométrica”, destacou o secretário. O número total de casos no Estado, desde o início da pandemia, subiu para 227,226. Média móvel de 1.181,0.


Fonte: Redação