Nova Andradina - MS Busca
ECONOMIA

Governo cogita possibilidade de volta do horário de verão

Há pressão da comunidade econômica para que essa medida volte a ser adotada para economizar energia

08:59 - 18 set 2021 | Por JD1 NOTÍCIAS

Horário de verão foi extinto pelo governo de Jair Bolsonaro em 2019 — Foto: Getty Images

Diante das dificuldades causadas pela escassez de recursos hídricos, o nível do reservatório que abastece as termelétricas do Brasil caiu, e o governo federal solicitou ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) que estude os possíveis benefícios da restauração da luz natural economizando tempo.

Há pressão da comunidade econômica para que essa medida volte a ser adotada para economizar energia, mas o governo não considera o restabelecimento do horário de verão por enquanto.

De acordo com a pasta, a consulta ao ONS é justamente por conta da atual crise hídrica. Mas o ministério informou que “não identificou que a aplicação traga benefícios horário de verão traga benefícios para redução da demanda”.

Historicamente, o principal objetivo do horário de verão é reduzir o consumo de energia, aproveitando melhor a luz natural e o avanço de uma hora, de forma a reduzir a concentração de consumo entre 18h e 21h. Nesse horário, a carga de energia é menor realizado em linhas de transmissão, subestações e sistemas de distribuição.

As medidas foram implementadas nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal, e ocorria entre os períodos de verão e do restante do ano, entre outubro e fevereiro.