Nova Andradina - MS Busca
Geral

N.A mantém suporte à população em situação de rua na Casa do Imigrante

Moradores de rua receberam orientações sobre cuidados com a higiene pessoal numa ação coordenada pelo COMPOP

12:30 - 25 mar 2020 | Por Assessoria

Foto: assessoria

Nesta terça-feira (25), foi realizada uma ação educativa e de orientação sobre o novo coronavírus (Covid-19) com moradores em situação de rua acolhidos na Casa do Imigrante sob a coordenação do Comitê Intersetorial de Atendimento a Pessoa em situação de rua (COMPOP), orgão ligado à Secretaria de Cidadania e Assistência Social de Nova Andradina.

Seguindo as normativas do decreto municipal, a Casa do Imigrante manteve o suporte essencial como alojamento, alimentação e banheiros, além de disponibilizar máscaras, álcool 70 e kits para higienização dos profissionais e usuários do albergue.

A forma de atendimento a esse público foi adaptada de acordo com as medidas de prevenção à pandemia de Coronavírus. Foi definida assim a capacidade máxima de ocupação em 10 pessoas, para evitar aglomeração e possíveis contágios.

Conforme a gerente da Rede de Proteção Social Especial, Fabiana Barbosa Santos, todos os abrigados receberam orientações sobre cuidados de higiene pessoal e a nova rotina adotada para prevenção a COVID-19.

“Devido à saúde já fragilizada, com imunidade baixa e também devido à ausência de possibilidades na rua, estas pessoas ficam mais vulneráveis ainda neste momento. Então, todas essas medidas são fundamentais para a saúde e o bem-estar dessa população”, afirma Fabiana.

Participaram da iniciativa juntamente com a Assistência Social, a Polícia Militar Rodoviária, representada pelo tenente Marcos Bezerra da Silva e a soldada Marta Dias Delgado, a enfermeira da rede municipal de saúde, Blácia Mara Leiva Constâncio e os diretores da instituição social Simone Lazarini e Adilson Pereira dos Santos, além da assessora da Proteção Social Especial, Marideis Ferraz Pereira Rios.

Além das orientações, a Casa do Imigrante implementou medidas preventivas durante o período de quarentena, sendo que as refeições serão servidas em embalagem descartável (marmitex/talheres de plástico). Além disso, pessoas com sintomas de gripe, se houver necessidade, serão encaminhadas ao ESF Centro, na Central de Atendimento a pacientes com Síndromes Gripais.